Coronel André Azevedo pede exoneração do Comando da Polícia Militar do RN


Após passar oito meses no cargo, o coronel da Polícia Militar André Azevedo pediu exoneração do cargo de Comandante-Geral da PM-RN, que lhe havia sido atribuído em janeiro pelo governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria.

Diante da saída do coronel Azevedo, o governador nomeou para seu lugar o até então secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, coronel José Osmar de Oliveira. As informações, tando da exoneração quanto da nomeação, estão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE).

Em dois e oito meses de governo, este é o quarto comandante-geral que a Polícia Militar do RN conhece. O cargo foi iniciado com o coronel Ângelo Mário de Azevedo. Depois passou para o coronel Dancleiton Pereira, até chegar em André Azevedo e, agora, ser repassado para José Osmar de Oliveira.

O novo comandante tem 50 anos, é natural de Recife e está na PM desde 1991.

Agora RN

Postar um comentário

0 Comentários