Campanha contra assédio sexual nos transportes públicos é lançada em Natal


O lançamento da campanha de enfrentamento ao assédio sexual nos transportes públicos da capital potiguar, aconteceu na manhã desta terça-feira, no salão nobre do Palácio Felipe Camarão. Na ocasião, foram apresentados os detalhes da iniciativa e também os resultados de uma pesquisa sobre o assédio sexual nos transportes públicos da capital potiguar.

A ação faz referência ao Dia Internacional da Mulher – comemorado na próxima quinta-feira, 08, e acontecerá durante todo o mês de março nas quatro regiões da cidade. O trabalho é coordenado pela Semul em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), Secretaria Municipal de Comunicação Social (Secom), Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) e o Gabinete do Prefeito (Gapre). A iniciativa conta ainda com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM).

A campanha, pioneira no estado, tem como principal ação abordagens aos passageiros e passageiras em pontos estratégicos nas quatro regiões da capital durante o mês de março: no dia 8, na zona sul a partir das 8h; no dia 15, na zona norte a partir das 16h; no dia 22 na zona oeste no mesmo horário e no dia 28, na zona leste, também às 16h. Além da distribuição de material informativo, também serão realizadas apresentações do teatro da STTU sobre o tema, para chamar a atenção de passageiros e passageiras.

Além disso, haverá cartazes no interior dos ônibus e busdoor. Os painéis luminosos da STTU também exibirão mensagens chamando atenção para o enfrentamento ao assédio sexual nos transportes públicos. A campanha também estará presente nas redes sociais com a hashtag #Natalcontraoassédio.
O assédio é entendido como uma contravenção penal, e assim o sendo, é um crime. Alguns casos de assédio/importunação ofensivas se configuram como estupros e são tratados pela lei desta forma.

Deu no Agora RN