Em ato de filiações, PSDB ganha mais um deputado e forma chapa com senador e suplente para o pleito de outubro


Na tarde de filiações, nesta segunda-feira, em Natal, o PSDB saiu com uma candidatura completa para o Senado: o ex-governador Geraldo Melo para senador e o empresário Haroldo Azevêdo na suplência.

Geraldo já foi senador e Haroldo foi seu suplente, e agora os dois tentam viabilizar a reprise.

Geraldo e Haroldo assinaram a ficha do partido tucano, endossada pelo presidente do diretório do RN, o presidente da legenda e da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, e pelo presidente de honra da legenda, deputado federal Rogério Marinho.

Geraldo, que ganhou o apelido de “Tamborete” (por ser baixinho), no pleito de 1986, quando se elegeu governador, assinou a ficha de filiação em um mini tamborete.