STF: Na virada de quarta pra quinta o placar da concessão do HC ao ex-presidente Lula era de 5×5, Carmen Lucia foi quem decidiu.


Acontece desde a tarde desta quarta-feira (04) o julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do habeas corpus no qual a defesa do ex-presidente Lula da Silva tenta impedir eventual prisão após o fim dos recursos na segunda instância da Justiça Federal. Lula foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão e pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que aumentou a pena para 12 anos e um mês na ação penal do triplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato.
O julgamento do habeas corpus no STF teve início no dia 22 de março, mas a sessão foi interrompida na Corte. Com isso, o ex-presidente ganhou um salvo-conduto para não ser preso até a decisão desta tarde.
Como estava ate o momento, zero hora de quinta-feira (05)
  • Edson Fachin, Alexandre Moraes, Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux; Votaram pela prisão de Lula
  • Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Celso de Mello votaram contra prisão
  • A presidente da suprema corte ministra Carmen Lucia decidiu em não conceder o HC.