Blog a serviço da População


Estreia do Brasil na Copa do Mundo deixa paraenses confiantes na vitória


Embalados pelo bom desempenho do técnico Tite durante as eliminatórias da Copa do Mundo 2018 – quando o Brasil conquistou oito vitórias em oito jogos –, torcedores paraenses estão confiantes no sucesso da seleção brasileira durante o jogo de estreia, marcado para as 15h de hoje (17), na Arena Rostov, na Rússia. Durante o início desta semana, já havia quem arriscasse sugerir que essa será a vez do hexa.

Em meio aos preparativos para o churrasco que fará a alegria dos torcedores na tarde de hoje, a maquiadora Grace Raiol, 30 anos, não escondia a ansiedade. Ela e cerca de oito amigos se reunirão na casa de uma amiga para acompanharem, juntos, o desempenho da seleção brasileira. “Eu acredito muito em energia e acho que o fato de estarmos torcendo juntos vai ajudar a embalar o Brasil”, diz, animada. “Estou muito confiante porque tivemos bons resultados no final das eliminatórias e no decorrer dos amistosos”.

Apesar da caminhada do Brasil no campeonato estar apenas iniciando, Grace já sonha com a alegria proporcionada por uma possível vitória da seleção. Para a primeira disputa, o palpite também é otimista. “Para o jogo da estreia eu espero 3 a 0 pra já começar com tudo”, estima. “Vai ser muito bom se o Brasil for campeão nesse ano”.

Se na maioria das edições anteriores a confiança de boa parte da torcida era despejada em cima dos atacantes, neste ano a crença está em cima do técnico Tite. Foi a atuação dele que fez com que o autônomo Pedro Humberto Pereira, 48, se animasse para, em mais uma Copa, preparar a casa para reunir familiares e amigos. Com a expectativa de que mais de 15 pessoas se juntem desde a manhã, a família tratou de encomendar camisas personalizadas, enfeitar o pátio da casa com bandeirinhas em verde e amarelo e de planejar a feijoada e o churrasco que darão energia para a torcida. “Por pouco o Brasil não ficou fora da Copa, mas o Tite foi lá e reergueu o time. Toda a nossa expectativa está em cima dele agora”, reconhece. “Estou confiante que vamos chegar, no mínimo, até a final”.

Destacando também o entrosamento do time escalado para a seleção, Pedro não acredita que um jogador em específico irá se destacar, mas sim o conjunto. Seu palpite para o jogo de estreia também é de 3 a 0. “Mesmo diante de toda a dificuldade, o brasileiro não deixa de torcer”, avalia. “Se o Brasil ganhar essa Copa vai ser muito importante para dar esse ‘gás’ que o brasileiro está precisando”.