Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) do Tribunal de Contas do Estado (TCE) considerou a Gestão de Saúde do município de Japi, ano 2017, como MUITO EFETIVA


O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE RN) e os demais Tribunais de Contas do Brasil aderiram um novo modelo de fiscalização: o levantamento do Índice de Efetividade da gestão Municipal – IEGM , uma ferramenta destinada a avaliar a eficácia das políticas e atividades públicas municipais.

A ferramenta sistematiza informações em sete áreas da gestão pública dos municípios (Educação; Saúde; Planejamento; Gestão Fiscal; Meio Ambiente; Cidades Protegidas; Governança em Tecnologia da Informação.) e tem por objetivo revelar a analogia entre as ações dos governos e as exigências da sociedade mensurando a eficácia das políticas públicas municipais.

Em Japi, o TCE atribuiu nota B+ (MUITO EFETIVA) à área da Saúde. Para a secretária de Saúde, Dra. Graciana Dantas, este conceito é fruto da dedicação incansável de toda a equipe que faz a SMS. “Estamos felizes com o resultado obtido. Esta nota significa que as metas básicas foram alcançadas. Nosso trabalho é pautado em buscar melhorias e avanços para saúde pública municipal. Estamos trabalhando para efetivar ainda mais a gestão.” Destacou a secretária.

Postar um comentário

0 Comentários