RN tem desabastecimento de soros antivenenos, antirrábico e fumacê


O secretário estadual da Saúde Pública, Cipriano Maia, concedeu na tarde desta quarta-feira (5) entrevista coletiva com o objetivo de alertar à população e aos profissionais de saúde sobre atitudes de proteção e de prevenção diante da crise de desabastecimento de soros antiveneno e antirrábico que afeta todo o país, bem como a falta do inseticida malation utilizado pelos carros fumacê no combate ao mosquito Aedes aegypti.

Os soros antivenenos ou antiofídicos, utilizados para tratar mordidas de cobras e animais peçonhentos (cobras, escorpiões e morcegos), são fornecidos pelo Ministério da Saúde que tem feito adequações devido à redução considerável na produção do soro.

Postar um comentário

0 Comentários