Blog a serviço da População


Programa de Regionalização do Turismo reúne municípios potiguares

Gestores de turismo do Rio Grande do Norte discutiram, em Natal, o futuro do Mapa do Turismo no estado e programas do MTur voltados para os municípios


Mais de 100 gestores municipais de turismo do Rio Grande do Norte e empresários do setor se reuniram em Natal nesta terça-feira (27) para tratar da atualização do Mapa do Turismo Brasileiro, ferramenta de gestão pública criada pelo Ministério do Turismo e mantida em parceria com as secretarias estaduais do setor. Dos 167 municípios potiguares, 75 estão no mapa agrupados em cinco regiões turísticas. O mapa será atualizado em abril de 2019 e os municípios que se mantiverem no documento estarão integrados à política nacional de turismo, com prioridade para receber ações de fomento ao turismo regional.

A palestra da coordenadora-geral de Mapeamento e Gestão Territorial do MTur, Ana Carla Moura, destacou princípios do Programa de Regionalização do Turismo (PRT) e os programas que o MTur oferece para apoiar o desenvolvimento tanto da oferta principal quanto da oferta complementar e de apoio nos destinos. “Os municípios precisam estar inseridos no mapa e seguirem os caminhos que o turismo oferece localmente. A produção de receita e desenvolvimento se dá pela geração de empregos, grande força do setor”, definiu Moura.

Também foram discutidas iniciativas como o Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo na promoção dos destinos e a elaboração de projetos para o Portal de Convênios do Governo Federal (SICONV). Segundo o secretário estadual de Turismo, Manuel Gaspar, os temas em debate são de extrema importância para a política de investimentos do turismo nos próximos anos. “Programas que priorizam a análise de financiamentos, de projetos e de convênios são fundamentais. Se temos a certeza do nosso potencial no setor, precisamos estar capacitados a receber esses investimentos que podem melhorar a economia e, consequentemente, a qualidade de vida nos municípios”, afirmou.

O apoio ao setor privado foi outra pauta em destaque, com a apresentação das regras de acesso ao Prodetur + Turismo e ao Fundo Geral de Turismo (Fungetur), que contemplam o setor público e o empresariado da atividade. Ana Carla Moura recomendou aos prefeitos e empresários falou, ainda, que ambos os programas de financiamento exigem, entre outros critérios, o registro regular no Cadastur para os empreendedores.

Gestores de turismo do RN reunidos para o encontro. Foto: Sectur/RN

Postar um comentário

0 Comentários